Notícia

ACIAP poderá se constituir também numa aceleradora de startups

segunda, 04 de novembro de 2019
Proposta será aprofundada e ganhou força com o Inovatech, que despertou o sentimento de necessidade de inovação

A Associação Comercial e Empresarial de Paranavaí (ACIAP), além de desempenhar suas funções de defesa e fortalecimento da classe empresarial,  também poderá se transformar numa aceleradora de startups, jovens empresas com um modelo de negócio inovador, na maioria das vezes usando a tecnologia para sua atividade, embora não se limite a negócios digitais.

O anúncio foi feito na manhã desta segunda-feira (04) pelo presidente da entidade, Maurício Ghelen, ao fazer um balanço da Inovatech, a Feira de Inovação e Tecnologia realizada na semana passada em Paranavaí, que foi promovida pelo Sebrae, Prefeitura Municipal de Paranavaí, ACIAP, Sicoob Ouro Branco, Unifatecie, Sistema Regional de Inovação Costa Noroeste, Instituto Federal, Resenhe e UpCode e contou com a parceria e patrocínio de várias instituições e empresas.

Gehlen lembrou que a associação comercial de Cascavel e a própria Federação das Associações Comerciais e Empresariais do Paraná (FACIAP) já desenvolvem projetos de aceleração de startups. “Vamos conhecer estes projetos e levar a proposta para nossa diretoria. Mas me parece que este é um caminho sem volta”, reforçou ele.

O presidente da ACIAP fez uma avaliação bastante positiva do Inovatech. “Foi um evento extremamente importante, muito válido, cujos resultados atenderam todas as nossas expectativas e temos que fazer cada vez mais eventos desta natureza para despertarmos nossos empresários para esta nova realidade”, disse Gehlen.

De acordo com ele, inovação não significa mudar de ramo, deixar de fazer o que faz e buscar outra opção. “Inovação é fazer melhor, mais rápido, com mais qualidade e se possível com tecnologia. O ser humano continuará sendo importante, ele é insubstituível. Mas podemos incorporar a tecnologia ao nosso dia-a-dia”, defende.

Cita como exemplo as lojas comerciais. Segundo Gehlen, o lojista, além de sua loja física, tem que pensar em estar presente também no ambiente virtual. “Há uma tendência de pessoas que preferem comprar através da internet, então nossos lojistas têm que estar lá também”, explicou.

PROMOVER A INOVAÇÃO - Mais de 3 mil pessoas participaram do Inovatech, visitando a feira de protótipos de inovação das instituições técnicas e faculdades, a feira de games, as oficinas de aperfeiçoamento, o Hackathon e assistindo várias palestras, dentre elas as de Arthur Igreja, Filipe Cassapo e Gil Giardelli.

“O Inovatech teve como objetivo promover a Inovação em Paranavaí e região. O intuito é criar um ambiente favorável e estimulador para que o futuro de Paranavaí seja consolidado com vários focos de inovação e provocar o ambiente acadêmico e empresarial para que estimule a Inovação em suas atividades e estudos”, explicou o gerente da ACIAP, Carlos Henrique (Kaká) Scarabelli.

Durante o evento foi realizado o Hackathon, uma maratona de 24 horas para criação de soluções inovadoras. O desafio dado às equipes participantes foi Soluções Urbanas, o HackCity. A equipe vencedora elaborou a Digitran, uma solução de mobilidade urbana que moderniza o sistema rotativo de estacionamento na cidade.

A segunda edição do Inovatech será realizada nos dias 10,11 e 12 de agosto deo próximo ano.

NÃO DÁ PARA VOLTAR ATRÁS -  O gerente regional do Sebrae em Maringá, Luiz Carlos da Silva, ao fazer uma avaliação do Inovatech lembrou da história da cidade, desde 1910, quando se formou a Fazenda Ivaí, mais tarde Colônia Monthoya, Fazenda Velha Brasileira e Colônia Paranavaí. “Nas décadas de 40, 50 e 60 (a região) cresceu muito, se tornou a terceira maior potência do Estado, quinta maior potência do Brasil em termos de crescimento”, recordou ele. Hoje, avalia o gerente do Sebrae, a região é também “próspera com a citricultura, mandiocultura, gado, indústrias, comércio e serviços pujantes”.

Silva explicou que falou do passado da região só para lembrar que “não dá para voltar atrás. Paranavaí e toda a região do Sistema Regional de Inovação (SRI) têm que olhar pra frente e o futuro é inovação, é tecnologia. As transformações que estão acontecendo hoje no mundo mostram que o caminho é esse. Então quando você cria um movimento regional, cria um movimento na cidade e cria um evento como o Inovatech, se está indo ao encontro desta nova realidade, está no caminho certo. Não dá para regredir, nós não temos mais como transformar madeira na região, não temos mais café. Então temos que trabalhar agora com a questão da inovação, da tecnologia, lógico, sem deixar estes setores para trás. Na verdade, a inovação e a tecnologia têm que estar à disposição desses segmentos, destes setores que são tão importantes para a região de Paranavaí”.

 

Apoios e Patrocínios: O Inovatech ainda contou com o apoio do Ponto de Atendimento ao Empreendedor, Unipar, Aciap Jovem, Agro+I, Orbital, OAB Paranavaí, StartUp Garage, Sesc e Senac e dos Patrocinadores: Podium, Balfar Solar, MarquesFund, Rabbit 40, Fornet, Delivery Much, Grand Chef, Rede Net e MegaSing.

Fonte: Assessoria de Imprensa Aciap